5 dicas para não errar na estratégia de marketing jurídico.

Advogados e escritórios de advocacia que não apostam em uma estratégia de marketing jurídico podem estar perdendo grandes oportunidades de negócio. Fazer um bom trabalho nem sempre fará os clientes virem até você. Para isso, é preciso ser lembrado, o que, por sua vez, só ocorre com uma forte estratégia de marketing jurídico.

marketing para advogados é essencial para o sucesso de uma empresa de advocacia e para fidelização de clientes.

Apesar do que muitos pensam, essa estratégia não está relacionada apenas com a divulgação das atividades e serviços prestados pelo escritório ou pelo advogado autônomo, mas também com o reconhecimento do trabalho prestado.

Isso faz o negócio chegar nas pessoas certas e faz de clientes admiradores e propagadores dos seus serviços.

Pensando nisso, separamos uma lista de dicas para você não errar na estratégia de marketing jurídico. Papel e caneta em mãos e vamos lá!

1- Cuidado com o visual

É importantíssimo que o advogado empreendedor trabalhe o seu ambiente virtual com um visual moderno e elegante. Apelar para uma identidade visual de baixa qualidade beira ao amadorismo e pode espantar clientes.

Por isso, antes mesmo de pensar em uma estratégia de marketing jurídico, contrate profissionais para montar a identidade do negócio, pensando nas cores certas e em um logo atraente.

2- Conte com um site atraente

Você deve contar com um site que seja a vitrine do seu negócio. No ambiente virtual, você poderá detalhar todos os seus serviços e mostrar ao potencial cliente que está preparado para oferecer a melhor solução para o que ele precisa.

Por isso, é importante construir um site responsivo e com um bom design, seguindo a identidade visual que você já criou. Lembre-se de não sobrecarregar o mesmo espaço do endereço eletrônico com muitas informações ou o cliente logo ficará desinteressado.

3 – Invista em conteúdo de qualidade

Aposta de empresas dos mais variados setores, o marketing de conteúdo é fundamental para o negócio que quer gerar autoridade e contar com uma boa reputação no mercado.

A estratégia é ainda mais indicada para escritórios de advocacia, já que a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) deixa claro que o profissional da área deve anunciar os seus serviços com “discrição e moderação”.

O objetivo aqui não é oferecer o seu serviço de forma direta, mas informar e apresentar soluções reais para que o potencial cliente procure você, quando precisar.

Para realizar esta estratégia, é recomendável que você produza textos em um blog relacionado ao seu site e invista em materiais ricos, como webinars, e-mail marketing e e-books.

Não tem ideia do que se trata estas ferramentas? Entre em contato com um dos nossos consultores e tire suas dúvidas agora mesmo pelo WhatsApp (67) 99310-9436.

4- A importância das redes sociais

Também faz parte da estratégia de marketing jurídico investir na produção de conteúdo para as redes sociais.

Antes de mais nada, no entanto, é preciso saber onde está o seu público. Talvez você esteja investindo pesado no Facebook, por exemplo, mas os seus potenciais clientes estão no Instagram ou no LinkedIn.

Após descobrir qual é a melhor ferramenta, programe-se para ter publicações semanais ou diárias, conforme a sua estratégia, e assim como no seu site, não trate apenas de assuntos comerciais.

Fale a respeito de temas do Direito e da advocacia que, de fato, vão interessar o público e fazer com que eles te acompanhem por lá.

5- Busque consultoria especializada

Investir em uma estratégia de marketing jurídico de forma equivocada pode não trazer nenhum efeito positivo para o seu negócio e, pior, minar a sua clientela e abalar a sua reputação.

Para que isso não aconteça, contrate uma empresa de consultoria e assessoria em marketing especializada em escritórios de advocacia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *